Um futuro. Uma esperança. (Retrospectiva 2016)

Uau, que ano!

Decidi tornar minha retrospectiva pública porque quando a felicidade é grande, a gente transborda. Não dá pra conter. É errado conter-se.

O ano começou sofrido. Faculdade interminável, sem perspectiva de emprego ou qualquer outra coisa para ocupar meu tempo e minha mente; esta última, cansada e sem esperança. A primeira conquista foi a carteira de motorista (que não uso para nada, obg). Então, tomei uma decisão: farei cursos! Conhecem minha habilidade em fazer 1000 cursos ao mesmo tempo, né? Então! Me matriculei em dois e só tinha dinheiro pra pagar um: a escola ministerial Liberdade Rio. Para fazer o outro (professor da língua inglesa)  – conversei com Deus – precisaria do milagre do emprego.

“Não seja por isso”, respondeu Ele.  Ele me conseguiu um emprego antes do Carnaval. Respondeu rapidinho. Agora a minha agenda estava lotada. Entretanto, o olhar ainda sem brilho e o coração pesado por não enxergar a Luz.

Aprendi a ser mais disciplinada (por incrível que pareça) ao me alimentar, exercitar e dar aulas. Com relação à vida de devoção houve pouco avanço, e a necessidade de um lugar e tempo separado foi se tornando cada vez maior.

Então o efeito das aulas/turnos frequentados na Liberdade Rio começou a apontar no mar de escuridão. Aquele lugar é abrigo, é ninho. Lugar de pouso para recuperar energia perdida. O Pai fez um grande trabalho comigo nesse um ano lá por meio de pessoas incríveis. Ele iniciou o processo permitindo-me chorar novamente (não parei mais rs). Fui quebrada, fortalezas mentais caíram para novas serem estabelecidas, uma canção começou a percorrer o meu interior e a dor transformou-se em aprendizado e saudade. Ele me resgatou, literalmente.

Há 4 semanas, estava sentada durante um turno devocional neste mesmo lugar e ouvi parte de uma canção que dizia:

“Não há nada igual, não há nada melhor a que se comparar à esperança viva. Tua presença. Eu provei e vi o mais doce amor que liberta o meu ser e a vergonha desfaz. Tua presença.” 1

Automaticamente fui levada de volta ao final de  Agosto/2015. Eu estava sentada durante a oração coletiva enquanto ouvia esta música pela primeira vez na voz de uma de minhas melhores amigas (amo você, Gi). Eu era aquela árvore sem vida da última postagem. Impenetrável, irredimível. Quão modificada eu fui pelas mãos do Eterno! E quão eternamente grata sou/serei! Ele me deu um futuro, quando não podia me encontrar, e uma esperança. A Única Esperança: a Pessoa Divina. Ele mesmo desceu, tomou minha mão e, em resposta, entreguei meu coração. A Ele a Glória!

Resultado de imagem para 2016

Agora fica a expectativa. Em menos de 1 mês estarei iniciando o ano de devoção a Ele no Curso de Preparação Profética, em Monte Mor. Ele tem suprido todas as necessidades e continuará porque…sabe o que descobri? Ele é um bom Pai. O Melhor.

Se você leu até aqui, ore com relação a minha ida e permanência lá. Ainda existem algumas pendências também. Ore a respeito, e se sentir de ajudar, manda uma mensagem aqui ou facebook ou e-mail ;) que Yaweh seja com vocês. Um feliz ano novo para nós!

1 Original Holy Spirit de Katie Torwalt & Bryan Torwalt. Versão de Laura Souguellis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s